Newton Moreno

Newton Moreno
Picto infobox masks.png
Newton Moreno.JPG
Newton Moreno
Nome completo Newton Moreno
Data de nascimento 1968
Local de nascimento Recife, PE
Ocupação ator, autor, diretor e educador do teatro brasileiro.
Página oficial



Newton Moreno (Recife/PE, 1968) é ator, autor, diretor e educador

Biografia

Newton Moreno (1968, Recife, Pernambuco) é ator, autor, diretor e educador do teatro brasileiro.

Bacharel em Artes Cênicas pela Unicamp (1995) e mestre, também, em Artes Cênicas pela USP, Newton Moreno nasceu em 1968 em Recife, capital de Pernambuco.

Ainda em sua cidade natal, cursou o CFA, curso técnico de formação de atores ministrado por professores da Universidade Federal de Pernambuco.

Em São Paulo, ele veio atrás de outro destino: o Turismo, trabalhando no ramo da Hotelaria. Mas decidiu retornar ao teatro. Do curso técnico, ele passou para o meio universitário e completou o bacharelado na Unicamp, onde conheceu muitos dos profissionais com os quais trabalha até hoje.

Na Unicamp, despertou para a dramaturgia, escrevendo esquetes sobre diversidade sexual, outro viés temático que desenvolve. A convite de Celso Curi, crítico, promotor teatral e dono o Guia Off, apresentou tais esquetes, numa leitura dramática, reunidos sob o título "Deus Sabia de Tudo..." – espetáculo que ganhou montagem em 2001 com atores que mais tarde formariam o grupo Os Fofos Encenam.

Depois veio "Dentro", escrita para a Mostra de Dramaturgia Contemporânea do Sesi, e a montagem de "Agreste", dirigida por Marcio Aurelio, que laureou sua carreira.

O autor diz conhecer pouco a cena teatral nordestina, mas sabe que a cena de Recife e Salvador são muito fortes. Conhece e admira a Cia. Clowns de Shakespeare, sediada em Natal, e o Coletivo Angu de Teatro. Conhece um pouco da dramaturgia de Luiz Felipe Botelho, Marcos Barbosa, Lourdes Ramalho.

Premiado como autor, pesquisador e diretor, Newton cursa, em 2010, o doutorado em Artes Cênicas na USP.

Ator

  • A Mulher do Trem, de M. Hennequin e G. Mitchell. Direção Fernando Neves
  • Deus Sabia de Tudo... Direção Newton Moreno
  • Sacromaquia, de Antônio Rogério Toscano. Direção Maria Thais

Autor

  • Assombrações do Recife Velho. Livre adaptação de Gilberto Freyre
  • Deus Sabia de Tudo... Direção Newton Moreno
  • Ferro em Brasa, adaptação do texto de Antonio Sampaio. Direção Fernando Neves
  • VEMVAI, O Caminho dos Mortos, em processo colaborativo com a Cia Livre, direção Cibele Forjaz
  • Fronteiras, em parceria com Alessandro Toller
  • Ópera, com o Coletivo Angu de Teatro. Direção Marcondes Lima
  • Jacinta. Inédito
  • The Célio Cruz Show. Inédito

Diretor

  • Os Fofos Encenam Harold Pinter
  • Deus Sabia de Tudo...
  • Assombrações do Recife Velho
  • Fronteiras
  • Memória da Cana

Orientação Dramatúrgica

- Acunteceu o Acuntecido, com alunos da Escola Livre de Teatro de Santo André em 2005

- Avaros, com alunos da Escola Livre de Teatro de Santo André em 2006

- Festa do Fim, com alunos da Escola Livre de Teatro de Santo André em 2007


Prêmios e Indicações

  • Prêmio APCA de Melhor Espetáculo para "Memória da Cana"
  • Indicado ao Prêmio Shell e ganhador do Prêmio da Cooperativa Paulista de Teatro pela direção de "Memória da Cana"
  • Prêmio Shell Rio 2007 e Contigo! de Teatro pelo texto "As Centenárias"
  • Indicação ao Prêmio APTR para Melhor autor pelo texto "As Centenárias"
  • Indicado ao Prêmio FazDiferença 2007 do Globo, na categoria segundo caderno/teatro
  • Prêmio Qualidade Brasil 2007, Melhor Espetáculo Comédia "As Centenárias"
  • Prêmio Contigo de Teatro pelo texto "VEMVAI, o Caminho dos Mortos", em 2007
  • Shell e APCA pelo texto "Agreste", em 2004
  • Qualidade Brasil 2005 pela direção de "Assombrações do Recife Velho". Indicação ao Prêmio Shell pela mesma direção em 2005
  • Indicação ao Prêmio Shell 2006(com o grupo Os Fofos Encenam) pela pesquisa da linguagem do circo-teatro no espetáculo "Ferro em Brasa"
  • Festival de São José dos Campos como Melhor Ator em "A Mulher Do Trem", em 2003
  • Bolsa Vitae em 2003 para adaptação de "Assombrações do Recife Velho"